Buscar
  • Prêmio Margem de Fotografia

LOURENA KALLAHAN - "FÊMEA FERIDA"

ENSAIO PRÉ-SELECIONADO

PRÊMIO MARGEM DE FOTOGRAFIA 2020



Sobre a autora: "Lourena Kallahan Soares Pequeno, 28 anos, natural de Natal mas residente em Ceará-Mirim a 27 anos. Formada em Artes-Visuais pela UFRN.

Bem antes dos pinceis e da arte educação, meu primeiro contato com arte foi através da fotografia. Entre os anos 90 e 2000 meu pai foi fotógrafo de casamento e aniversários infantis nas horas vagas, sempre que possível ele me ensinava a manusear sua câmera fotográfica, uma Olympus OM2, a fotografia sempre foi a paixão dele e cresci rodeada de imagens, rolos de filmes e motocicletas. Tenho alguns projetos fotográficos em vigência, como: Fotografia das feiras de Ceará-Mirim, patrimónios imateriais e matérias também da cidade. Ultimamente minha visão de corpo, espaço e violência se modificaram devido a um diagnóstico precoce de câncer de mama e todas essas questões que permeiam o corpo feminino são emergenciais para mim."


Sobre o ensaio: "O ensaio Fêmea ferida surgiu da necessidade de interação da sucata com o corpo humano, do atrito entre a pele e o ferro, pele e óleo, pele e ferrugem, corpos que se comunicam. As peças usadas (sucata) são meus objetos fotográficos desde 2016 e me serviram para entender o feminino fora do corpo humano, num momento em que relacionando-as com corpos de fêmeas, as percebi como cíclicas, cheias de memórias, com sulcos profundos, defeituosas, marcadas, encrustadas de sujeitas, rejeitadas, características que identifico como pertinentes à como a sociedade trata a mulher em pleno séc. XXI. O foco deste trabalho está em desenvolver e discutir minha poética nas fotografias de sucata automotiva, com o objetivo de questionar-se sobre gênero e representações de feminino, arquétipos, construção social sobre o papel que a mulher deveria seguir e violências que o corpo dito feminino sofre corriqueiramente."



© 2017 Margem Hub de Fotografia - Natal | Brasil

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon